terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Lula ironiza não ser beneficiado pelo aumento de salário aprovado no Congresso

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou há pouco, durante encontro com representantes de movimentos sociais, no Palácio do Planalto, que o reajuste do salário do presidente da República, aprovado hoje (15) pelo Congresso Nacional, só entre em vigor no ano que vem.

Em tom de brincadeira, Lula lamentou que o aumento de 133,9% não seja pago de imediato. “Eu só lamento porque o Paulinho [deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP)] me avisou que o Congresso Nacional acabou de aprovar o reajuste para o presidente e para os ministros, mas para o Lulinha aqui, nada. O Lulinha não recebe porque é só para a próxima legislatura”.

Em pouco mais de duas horas, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal aprovaram a elevação do salário dos parlamentares, do presidente da República, do vice-presidente e dos ministros de Estado para R$ 26,7 mil, a partir de 1º de fevereiro de 2011. O valor corresponde à remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal, teto do funcionalismo público federal.

Os parlamentares terão reajuste de 61,8% em relação à atual remuneração de R$ 16,5 mil. Já o presidente da República e o vice terão aumento de 133,9% sobre os atuais vencimentos de R$ 11,4 mil.


autor: Ivan Richard
fonte: http://noticias.uol.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger